Comércio eletrônico no Brasil deve chegar a R$ 80 bilhões em vendas em 2019

Comércio eletrônico no Brasil deve chegar a R$ 80 bilhões em vendas em 2019

O Comércio eletrônico no Brasil deve ir muito bem, obrigado, em 2019. É o que espera a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), que estima que o setor deve atingir um volume de vendas de R$ 79,9 bilhões em 2019, além de um ticket médio de R$ 301 e 265 milhões de pedidos efetuados pelos consumidores online até o final deste ano.

| Crie uma loja grátis na Finnke e teste por 15 dias sem limitação. ATIVE AGORA

Segundo a divulgação, as empresas que atuam no comércio eletrônico nacional devem investir na melhoria de suas plataformas, adicionando recursos aos seus respectivos marketplaces, se ajustando ao dia a dia dos consumidores, que buscam velocidade e praticidade na hora de comprar um produto.

Mais além, lojistas estão buscando acordos comerciais com fornecedores nacionais e internacionais — alguns exclusivos — a fim de assegurar a preferência do consumidor, que costuma ter certas marcas como preferência, tornando-se natural a sua busca por lojas que as vendam.

A expectativa da entidade comercial vai de encontro à atual economia, que vem apresentando dúvidas em suas especulações. Nesta quinta-feira (28), por exemplo, o Banco Central reduziu a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de 2,4% para 2%. O PIB é a soma de todos os bens e serviços — nacionais ou não — oferecidos no país, e é visto por especialistas como o “termômetro” da economia de um país.

Este site usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa.
Chamar
1
Precisa de alguma informação?
Olá! Tem alguma dúvida?